Antonio Sena Artigos
Erro
  • Unable to load Cache Storage: database
  • Unable to load Cache Storage: database
  • Unable to load Cache Storage: database
  • Unable to load Cache Storage: database
  • Unable to load Cache Storage: database
  • Unable to load Cache Storage: database

Artigos

MONÓLOGO DE UM RÉU

PDF
Imprimir
E-mail
Escrito por Administrator   
Dom, 23 de Novembro de 2014

SIM, EU SOU O ACUSADO! Desgraçado aos olhos da população; destroçado pela imprensa e recriminado nas ruas pelos olhares de soslaio dos que por mim passam, esgueirando-se pelo lado oposto;
ASSIM ACUSADO, sentado no banco da desolação, sem ter a coragem de encarar meus semelhantes que hoje se reúnem para decidir o meu destino;
MAIS QUE ACUSADO, infeliz, humilhado, esperando a sentença final, tal qual um animal aproximando-se do matadouro para fornecer sua carne aos luxuosos banquetes sociais; 
RÉU CONFESSO, prestes a perder a liberdade – bem sublime que só agora tanto valorizo, também tenho alma! E como ferem nela as palavras da acusação, os artigos da lei, o clamor da consciência, o martelar da culpa, o arrependimento e o peso da sentença;
FINALMENTE CONDENADO, neste momento, só tenho a frase da amargura para expressar meu sentimento: desejo que Juízes, Promotores, Jurados, Advogados nunca estejam neste lugar, para não sentirem a solidão, o medo, o desprezo, a angústia e o pedido silencioso de perdão!

Crônica de Antonio Sena

Última atualização ( Ter, 30 de Novembro de 1999 00:00 )
 


Copyright © 2018 Antonio Sena. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.